100% natural, a pensar na sua saúde

Para si, a experiência da Medicina Chinesa

DADOS PESSOAIS








DADOS PARA CONSULTA

É a sua primeira consulta nas Clínicas Pedro Choy?


* Campos de prenchimento obrigatório

A marcação da sua consulta carece de confirmação por parte da Clínica. Aguarde pelo nosso contacto.

Termos e condições | Políticas de Privacidade

Hiperatividade Infantil, como tratar?

 

Como saber identificar? Como agir? Como tratar?

Quando pensamos em Hiperatividade Infantil, pensamos em crianças com atividade a mais, seja ela no plano físico - do movimento - seja no das emoções - irrequietude e falta de moderação - em crianças traquinas e com pouca afinidade com aquilo a que nós chamamos "comportamento ajustado", como se, para elas, "regras" nada tivessem de formativo ou de "educacional", mas apenas fossem desconforto e espartilho... contranatura.

A Hiperatividade caracteriza muitas crianças, e é frequente ser acompanhada de Défice de Atenção, Dificuldades de Concentração, Menor Sucesso Escolar e por aí fora...
... Mais parece que não se consegue estar no "presente" de forma plena, e se é impulsionado para a frente, para fora do "aqui e agora".
E, muitas destas crianças, sempre foram assim, desde nascença, não param quietas, parece que têm "bicho-carpinteiro"...
Se assim é, aos olhos de todos, o que, no entanto, só quem, com elas, lida mais diretamente pode testemunhar, é que desenvolvem dificuldades de aprendizagem pela falta de concentração e pela desatenção constantes...
...Como se um "vento" estranho as atirasse para fora do lugar onde estão e das suas atividades (de estudo, nomeadamente), apenas conseguindo interessar-se pelo que é novidade para, logo depois, se desinteressarem e partirem à descoberta de nova atividade, e novo ciclo...
- Sentem conforto no movimento ou seja, a "gastar" aquela energia que ostentam, desenfreada... hiperativa.

Esta Hiperatividade tem, contudo, alguma complexidade e carece de um Diagnóstico e um Entendimento bastante completo, enquanto Síndrome Energético, dado que, a maior parte das vezes, este aparente excesso resulta duma insuficiência no controle destas formas de energia.
A acrescer a tudo isto, não podemos esquecer que a Idade Infantil está para o Ciclo de Vida como o "desabrochar" da primavera está para as 4 estações do ano, o que significa que essa energia (que parece excessiva) carece fundamentalmente ser dirigida e controlada, e não-tanto, bloqueada ou anulada.

A manifestação do excesso de movimento e ação é motivada pela dificuldade, nestas crianças, de sentirem conforto no relaxamento, na calma e no recolhimento, quando necessários, razão pela qual, tantas vezes, não conseguem encontrar interesse na maior parte das atividades que as requerem...
A manifestação Yang é muitas vezes motivada pela insuficiência relativa de Yin; e assim, a proposta terapêutica não é de reduzir mas sim de incrementar, reforçar, só que aumentar e reforçar formas de energia diferentes, complementares, daquela que eles naturalmente manifestam de forma excessiva.
E isso consegue-se, à luz da Medicina Chinesa, com Acupunctura, Fitoterapia, Ginásticas Energéticas, TuiNa e Dietética, adaptadas a cada caso.

Ninguém estranha que há alimentos que fazem subir e exteriorizar a energia e outros que a fazem dirigir ao centro e acalmar...
Que há atividades que incrementam a expansividade e outras o recolhimento...
E se falamos de cuidados com alimentos, falamos também de cuidados com bebidas, para se estimularem certas formas de energia... de disciplinas, de atividades lúdicas e de tantos outros Conselhos que o Método Pedro Choy - exclusivo das Suas Clínicas unicamente - põe à disposição, após Consulta, para se entender cada caso, na sua especificidade.

Hiperatividade Infantil trata-se sabendo a origem e a forma pela qual se manifesta em cada um, já que uma Criança não é um Adulto em Miniatura, tem uma Vida Enorme pela frente, e o seu "Caminho" carece de "Sins" em oposição aos "Nãos" que a sua "Hiperatividade" lhe pode trazer em grandes quantidades.

Partilhar:

Artigos Relacionados:

Sem artigos relacionados

Voltar

Outras NOTÍCIAS

NEWSLETTER

Indique-nos o seu nome e email, e receba as nossas novidades em primeira mão.

SIGA-NOS

2ª a 6ª - 8h00-20h30
Sábado - 8h00-13h30
Domingo - Encerrado