100% natural, a pensar na sua saúde

Para si, a experiência da Medicina Chinesa

DADOS PESSOAIS







DADOS PARA CONSULTA

É a sua primeira consulta nas Clínicas Pedro Choy?


* Campos de prenchimento obrigatório

A marcação da sua consulta carece de confirmação por parte da Clínica. Aguarde pelo nosso contacto.

Termos e condições | Políticas de Privacidade

Maio é o mês do coração, Cuide do Seu!

Reconhecido como um órgão essencial à vida, o coração é um músculo especializado que bombeia o sangue para todo o corpo e que assegura que existam sempre nutrientes e oxigénio suficientes para que o organismo funcione de forma eficiente. Mas nem sempre tudo se desenrola em harmonia.

À luz da Medicina Chinesa o Coração tem a função de reger o sangue e a circulação sanguínea, mas também tem uma ação preponderante sobre o ‘Estado de Espírito’ que se traduz na nossa vitalidade – física e emocional.

‘Tratar’ o Coração em Medicina Chinesa é tratar vários aspetos, desde os mais palpáveis e materiais – sangue, circulação, tensão arterial, artérias e veias… – aos outros que se prendem com sentimentos, insónias, perdas de memória, tristezas, ansiedades, angústia, depressão.

Outra curiosidade é a Medicina Chinesa considerar que o coração aloja a mente, daí que se relacione sofrer do coração com alterações emocionais, e que as alterações emocionais afetem o coração. A memória para a Medicina Chinesa também depende do coração.

O coração é mais do que uma simples bomba de sangue, é também energia. E essa energia do coração é avaliada em três locais do organismo, na ponta da língua que observamos onde avaliamos a cor; no pulso onde avaliamos a profundidade, a intensidade, o ritmo; na face, sobretudo no ponto entre os olhos, onde observamos o estado do Shen (mental).

As doenças Cardiovasculares constituem a principal causa de morte não só em Portugal, mas também em todo o Ocidente.

A boa notícia é que está nas suas mãos cuidar dele!

Estes são alguns dos principais ‘inimigos’ do coração:

- Hipertensão arterial;

- Diabetes;

- Colesterol;

- Exposição ao tabagismo passivo;

- Sedentarismo;

- Alimentação desadequada;

- Condicionantes genéticos;

- Vida Stressante;

- Excesso de peso;

Agir na Prevenção da doença e na Promoção do Bem-Estar é a chave!

 

Partilhar: