100% natural, a pensar na sua saúde

Para si, a experiência da Medicina Chinesa

DADOS PESSOAIS







DADOS PARA CONSULTA

É a sua primeira consulta nas Clínicas Pedro Choy?


* Campos de prenchimento obrigatório

A marcação da sua consulta carece de confirmação por parte da Clínica. Aguarde pelo nosso contacto.

Termos e condições | Políticas de Privacidade

AVC

CASO CLÍNICO

AVC

Motivo de Consulta: AVC

Clínica: Clínica Pedro Choy do Imaviz

Situação Clínica Inicial:

Emília Pereira, vítima de um Acidente Vascular Cerebral

 

O AVC é um problema bastante complexo pois agride o individuo no seu todo, não só na sua parte física e motora, mas também na sua parte emocional e psicológica.

A Medicina Chinesa é holística e, por isso mesmo, nunca separa o individuo, ou seja, nunca separa o corpo da mente.

 

Depois de um dia de trabalho completamente normal, ao chegar a casa a Senhora Emília sentiu-se com falta de equilíbrio – "entrei em casa e senti-me tonta, fui-me deitar e acabei por adormecer’’.  No dia seguinte tentou levantar-se e já não conseguiu. Foi imediatamente levada para o hospital onde permaneceu algum tempo em regime de internamento.

O Acidente Vascular Cerebral tirou-lhe toda a mobilidade do lado esquerdo, perna e braço perderam a capacidade de se movimentarem, ficando “congelados” “Quando entrei no consultório das Clínicas Pedro Choy entrei amparada pelo meu marido e pelo meu filho, eu não andava’’.

Resultados:

“Foi a minha irmã que um dia, numa visita a minha casa, me sugeriu ir experimentar o tratamento das agulhas. Nem hesitei, sentia-me muito presa, muito debilitada’’.

A paciente chega até nós, 5 anos após o sucedido. Teoricamente, à luz da Medicina Convencional, com poucas hipóteses de recuperação.

A abordagem da Medicina Chinesa, em casos de AVC como o da Senhora Emília é sobretudo a nível neurológico. Ou seja, quanto mais conseguirmos recuperar de cérebro maior será a capacidade de recuperar no todo.

Em termos de tratamento a trilogia Fitoterapia, Acupunctura e Tui Na são fundamentais. Em termos de Fitoterapia, traduzindo à letra, utilizámos a fórmula "caminhar a passos largos como um tigre’’ a metáfora simboliza precisamente o objetivo do medicamento: promover a reabilitação neurológica e motora, ou seja, fazer com que o paciente fique com agilidade.

A outra fórmula utilizada, uma vez mais traduzindo literalmente, chama-se "fazer circular o sangue’’ promove uma melhor capacidade de irrigação não só neurológica como muscular tendinosa o que facilita a reabilitação física e do sistema nervoso central.

 

Inicialmente, os tratamentos de acupunctura foram algo mais intensivos, dado o estado da senhora dona Emília.  Seguiram-se sessões de Tui Na e, foi nessa altura, que a recuperação e o ganho de mobilidade começou a surgir, "nesse dia entrei em casa muito feliz’’.

"Não andava, não comia, não apanhava um autocarro, não conseguia partir os alimentos para comer. Eu não mexia o braço.’’

A pouco e pouco a senhora Emília começou a sentir-se melhor e a periodicidade dos tratamentos passou a 1 vez por semana. "Hoje já como, já faço as minhas coisas sozinha’’.

 

 

Vale a pena sublinhar que a abordagem da Medicina Tradicional Chinesa, em comparação com os outros tipos de intervenção, é conseguir intervir a nível neurológico. Está provado que com a ação da Medicina Tradicional Chinesa – Acupunctura, Fitoterapia e Tui Na – há um fenómeno de cicatrização cerebral que, na prática, resulta numa capacidade de recuperação neurológica que pode ser documentado por imagiologia.

Artigos Relacionados:

Sem artigos relacionados

Voltar

Outros CASOS CLÍNICOS

NEWSLETTER

Indique-nos o seu email, e receba as nossas novidades em primeira mão.

Ao subscrever concorda com a Política de Privacidade deste Website.

SIGA-NOS

2ª a 6ª - 8h00-20h30
Sábado - 8h00-13h30
Domingo - Encerrado